Dois golos de Cardozo permitiram esta quarta-feira ao primodivisionário Moreirense vencer em casa do Trofense, da Segunda Liga, por 2-1, em jogo da primeira mão da segunda fase da Taça de Liga.

O paraguaio, aos 11 minutos de grande penalidade, e aos 77, marcou os dois golos da equipa vimaranense, enquanto Eduardo Enrique, aos 53 ainda, deu alento a clube da Trofa, assinando um golo que o redimia de ter estado no lance do penalti da primeira parte.

Depois das derrotas na Luz (3-1 à quinta jornada do campeonato) e no Dragão (3-0 à terceira) e de um empate caseiro (1-1 com o Rio Ave à quarta), o Moreirense apresentou-se na Trofa determinado a regressar às vitórias que lhe fogem desde a estreia na Liga (vitória por 1-0 em casa do Nacional). Miguel Leal apostou num onze diferente do habitual e deu oportunidade a jogadores menos utilizados, enquanto o técnico do Trofense apostou nos titulares do costume para defrontar uma equipa de escalão superior e não envergonhou apesar de demonstrar mais fragilidades que o clube de Guimarães.

 

O primeiro golo da partida surgiu, aos 11 minutos, através de uma grande penalidade – a castigar corte com o braço de Eduardo Enrique -, convertida por Cardozo. Na segunda parte, a equipa da casa conseguiu o empate exatamente por intermédio do central brasileiro Eduardo Enrique, que colocou um ponto final numa confusão na pequena área e introduziu a bola na baliza (53 minutos), numa altura em que o jogo até registava tendência minhota.

 

Aos 77 minutos, o Moreirense voltou ao comando da partida com segundo golo do paraguaio Cardozo, o que obrigou o Trofense a reequilibrar o ritmo de jogo, terminando mesmo colado à área adversária a tentar um novo empate que não surgiu.

Jogo no Estádio do Clube Desportivo Trofense, na Trofa. Trofense – Moreirense, 1-2.

Ao intervalo: 0-1. 
Marcadores: 0-1, Cardozo, 11 minutos (grande penalidade). 1-1, Eduardo Enrique, 53. 1-2, Cardozo, 77.

Equipas: 

Trofense: Diogo Freire, Miguel Ângelo, Eduardo Enrique, Costinha, Tiago Portuga, Tiago, Nanissio, Hélder Sousa, Rateira (Njengo, 82), Dário (João Pedro, 72) e Bryan Riascos. (Suplentes: Ricardo Araújo, Papa Alassane, Adukor, Jorge Inocêncio, Njengo, Simãozinho e João Pedro). 
Treinador: Porfírio Amorim.

 

Moreirense: Marafona, Coronas, Anilton (Stephane, 76), Danielson, André Marques (Elizio, 79), Diogo Cunha, Filipe Melo, Jorge Monteiro (Battaglia, 73), Vítor Gomes, Gerso e Cardozo. (Suplentes: André Moreira, Elizio, Stepfane, Battaglia, André Simõ