O Arouca bateu este domingo o Trofense por 1-0 em jogo da 32ª. jornada da Segunda Liga, e reforçou o segundo lugar na competição.

 Um golo solitário de Luís Pinto, marcado logo aos dois minutos, deu hoje uma vitória importante ao Arouca em casa do Trofense, em encontro da 32.ª jornada da II Liga portuguesa de futebol. Com este resultado, a formação comandada por Vítor Oliveira reforçou o segundo lugar, a 22 pontos de um líder Belenenses praticamente promovido, mas com pelo menos mais quatro do que o seu perseguidor direto na corrida à Liga principal. Num jogo que opunhas duas equipas com objetivos diferentes – o Arouca procurava uma vitória que o mantivesse na luta pela subida de divisão, enquanto o Trofense queria vencer para se manter acima da “linha de água” -, assistiu-se a uma partida com poucos momentos de interesse, sobretudo na primeira parte. O Arouca conseguiu o golo muito cedo, logo aos dois minutos, por intermédio de Luís Pinto, que, de pé esquerdo, rematou à entrada da área sem dar hipóteses ao guarda-redes da casa. 
O Trofense respondeu com um livre ao lado de Rateira (oito minutos) e com um remate por cima de Magique (27). Do lado dos visitantes, nota para um cabeceamento de Clemente, aos 30 minutos, que podia bem ter sido o segundo golo do Arouca, mas Marco Gonçalves agarrou. Na segunda parte, o Trofense entrou com convicção e o empate só escapou por falta de jeito: Rateira cruzou na perfeição, mas Romeu Torres chegou tarde (47 minutos), e Leandro rematou cruzado, da esquerda, para as mãos de Serginho (64). Contra a corrente do jogo, o Arouca quase ampliou a vantagem, já que, depois de Tiago perder infantilmente a bola no meio-campo, Roberto correu sozinho, mas, na “cara” do guarda-redes trofense, atirou rasteiro ao lado (78 minutos).