Select Page

Trofense perdeu com a Oliveirense

Trofense perdeu com a Oliveirense

trofenseoliveirense20142015

A Oliveirense somou hoje a terceira vitória consecutiva na II Liga de futebol, isolando-se na liderança, ao vencer na casa do Trofense por 1-0, num encontro da terceira jornada marcado por quatro expulsões.

O único golo da partida surgiu ainda na primeira parte, aos 40 minutos, através de uma grande penalidade convertida por Yero, a castigar falta de Jairo – que nesse lance veria o segundo amarelo (37 minutos) – sobre Rui Lima.

O Trofense teve a oportunidade de empatar pouco depois, mas Hélder Sousa, ao bater uma grande penalidade que castigava mão de Ângelo na área, rematou sem convicção, permitindo defesa fácil ao guardião visitante (45+2).

Tanto o Trofense, que procurava a primeira vitória no campeonato, como a Oliveirense, que sabia que caso ganhasse se colava ao topo da classificação, foram para o intervalo com menos um jogador.

E, na segunda parte, o árbitro Ricardo Baixinho voltou a ser protagonista, ao expulsar mais dois jogadores, um para cada lado: Dário (86 minutos) e Bruno Simão (90+2).

Aos 65 minutos, a equipa da Trofa voltou a pedir grande penalidade, mas o juiz lisboeta considerou que a falta foi fora da área. Na conversão do livre, Hélder Sousa quase se redimia, mas a bola esbarrou no poste da baliza à guarda de João Pinho.

Na Trofa, assistiu-se a uma partida disputada e com casos, mas não tão dura como o número de cartões pode fazer parecer, sobrepondo-se sobretudo a falta de organização do Trofense, perante uma equipa que, quando se viu no comando do marcador, soube sofrer.

Jogo no Estádio do Clube Desportivo Trofense, na Trofa.

Trofense – Oliveirense, 0-1.

Ao intervalo: 0-1.

Marcador:

0-1, Yero, 40 minutos (grande penalidade).

Equipas:

– Trofense: Diogo Freire, Miguel Ângelo, Eduardo Enrique, Jairo, Tiago
Portuga, Tiago, Nanissio (Jorge Inocêncio, 79), Hélder Sousa
(Simãozinho, 67), Rateira (Jordan Hamilton, 61), Dário e Bryan
Riascos.

(Suplentes: Rui Santos, Papa Alassane, Adukor, Jorge Inocêncio,
Njengo, Jordan Hamilton e Simãozinho).

Treinador: Porfírio Amorim.

– Oliveirense: João Pinho, Carela, Ângelo, Sérgio, Bruno Simão, Zé
Pedro, Godinho, Ivan Santos (Mário Mendonça, 75), Rui Lima, Oliveira
(Renan, 61) e Yero (Carlitos, 58).

(Suplentes: Hélder Godinho, Luís, Zé Sousa, Renan, Carlitos, Mário
Mendonça e Rafa).

Treinador: Artur Marques.

Árbitro: Ricardo Baixinho (Lisboa).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Jairo (14 e 37), Ângelo (29 e
45+2), Hélder Sousa (60), Dário (67 e 86), Godinho (80), Carela (85),
Bruno Simão (88 e 90+2), João Pinho (90) e Zé Pedro (90+1). Cartão
vermelho, por acumulação de amarelos, para Jairo (37), Ângelo (45+2),
Dário (86) e Bruno Simão (90+2).

Assistência: Cerca de 1.000 espetadores.

C/Lusa

Videos

Loading...

Siga-nos

1ª página da edição papel

Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma experiência mais personalizada. Ao navegar está a permitir a sua utilização