Um golo de Rodrigo António chegou para que o Olhanense vencesse hoje em casa do lanterna-vermelha, o Trofense, em encontro de fraca qualidade na 41.ª jornada da II Liga portuguesa de futebol.

Naquele que foi o primeiro jogo do Trofense sem Vítor Campelos – treinador que deixou a equipa na segunda-feira e foi substituído por um ‘técnico da casa’, Vítor Oliveira – ambas as equipas jogaram mal, de forma desorganizada e tímida.

Após uma primeira parte sem um único momento de perigo digno de registo, o Trofense regressou do balneário mais atrevido.

Rafael Silveira rematou contra a defesa algarvia, aos 49 minutos, e Serginho também esteve perto do golo aos 53, mas o guardião visitante ‘salvou’.

Mas acabaria por ser o Olhanense a conseguir inaugurar o marcador por intermédio de Rodrigo António, que marcou aos 54 minutos através de um remate forte e rasteiro. O mesmo jogador ainda podia ter ampliado aos 72, mas a bola bateu na barra.

Em vantagem, o Olhanense motivou-se, enquanto o Trofense, pelo contrário, não soube de todo reagir, tendo mesmo ficado reduzido a dez jogadores a cinco minutos do fim por expulsão de André Pires, que viu o segundo amarelo.

Com este resultado o ‘fosso’ do Trofense para a zona de manutenção mantém-se de 13 pontos, estando a descida de divisão praticamente certa. Por outro lado, o Olhanense fez um resultado importante na luta pela permanência.

Jogo no Estádio do CD Trofense, na Trofa.

Trofense – Olhanense, 0-1

Ao intervalo: 0-0.

Marcador:

0-1, Rodrigo António, 54 minutos.

Equipas:

– Trofense: Diogo Freire, André Teixeira, Cláudio, Eduardo Enrique (Nanissio, 34), André Pires, Tiago Martins (Dario, 57), Bruno Simões, Tiago, Mateus Fonseca (João Pedro, 68), Serginho e Rafael Silveira.

(Suplentes: Rui Santos, Nanissio, Micael Babo, Rateira, Simãozinho, Dário e João Pedro).

Treinador: Vítor Oliveira.

– Olhanense: Ricardo Ribeiro, Duarte Machado, Faye Balla, Nuno Diogo, Coubronne, Giraldo, Diogo Melo, Murilo (Mastriani, 90), Rodrigo António, Gonzalez (Femi Balogun, 57) e Adilson (Galassi, 81).

(Suplentes: Svedkauskas, Weldon, Mastriani, Femi Baçogun, Martin Lk, Galassi e David Viana).

Treinador: Cristiano Bacci.

Árbitro: Olegário Benquerença (Leiria).

Ação disciplinar: cartão amarelo para Cláudio (30), Gonzalez (31), André Pires (32 e 85), Tiago Martins (42), Nanissio (71) e Femi Balogun (79). Cartão vermelho por acumulação de amarelos (85).

Assistência: Cerca de 150 espetadores.