Select Page

Trofense perdeu 3 a 0 com o Beira Mar

Trofense perdeu 3 a 0 com o Beira Mar


O Beira-Mar venceu hoje por 3-0 na Trofa, em encontro da 37.ª jornada da II Liga portuguesa de futebol, agudizando ainda mais a situação do muito e cada vez mais ‘aflito’ Trofense.

Um golo de Manafá, aos 16 minutos, e dois golos de Chaparro, aos 63, de grande penalidade, e aos 86, construíram uma vitória justa, mas com resultado final exagerado.

O Trofense até começou melhor, com Rafael Silveira aos dois minutos a atirar contra o corpo do guardião aveirense e Micael Babo, na recarga, a atirar para fora, mas o Beira-Mar equilibrou de imediato, mostrando ter um futebol mais organizado e seguro.

Aos 16 minutos, o golo de Manafá surpreendeu pelo belo efeito, um balão sobre Diogo Freire, mas não pela ocasião, porque os visitantes tinham tomado conta do jogo. Aliás, Chaparro podia ter ampliado a diferença aos 22 minutos, mas falhou o alvo.

O fragilizado Trofense ficou ainda mais desmoralizado com um golo anulado aos 32 minutos: o juiz setubalense André Narciso considerou que Silveira estava em fora de jogo, num lance que deixou dúvidas.

Na segunda parte, a tarefa dos trofenses passou de difícil a praticamente impossível, quando foi assinalada grande penalidade a castigar falta de Babo sobre Vítor Vinha, que Chaparro desta vez não desperdiçou (63 minutos).

Até ao final do encontro foi notório o desespero do lanterna-vermelha perante uma equipa que, por estar confortável no meio da tabela, foi gerindo o resultado e conseguiu mesmo, num contra-ataque, ampliar a vantagem a quatro minutos do final, com novo golo de Chaparro.

Nos descontos, Hélder Sousa quase fazia o golo de honra dos locais mas no sentido inverso Fábio Santos atirou ao poste.

Jogo no Estádio do CD Trofense, na Trofa.

Trofense – Beira-Mar, 0-3.

Ao intervalo: 0-1.

Marcadores:

0-1, Manafá, 16 minutos.

0-2, Chaparro, 63 (grande penalidade).

0-3, Chaparro, 86.

Equipas:

– Trofense: Diogo Freire, André Teixeira, Eduardo Enrique, Zuela, Rateira, Nanissio (João Pedro, 56), Tiago Martins (Mateus Fonseca, 69), Hélder Sousa, Micael Babo, Serginho (Dário, 80) e Rafael Silveira.

(Suplentes: Rui Santos, Mateus Fonseca, Tiago, Simãozinho, Dário, João Pedro e Jairo).

Treinador: Vítor Campelos.

– Beira-Mar: Rui Rego, Pedro Moreira, Alan Henrique, Fábio Santos, Vítor Vinha (Piffero, 80), Anderson, Assis (Chaparro, 76), Paulo Santos, Chaparro, Manafá e Edivândio (Nadson, 42).

(Suplentes: Edema, Nadson, Eduardo, Alexandre, Kingsley, Juliano e Piffero).

Treinador: Paulo Alves.

Árbitro: André Narciso (Setúbal).

Ação disciplinar: cartão amarelo para Nanissio (44), Paulo Santos (50), Assis (64), Hélder Sousa (64), Tiago Martins (68) e Rateira (88).

Assistência: Cerca de 500 espetadores.

C/Lusa

Videos

Loading...

Siga-nos

1ª página da edição papel

Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma experiência mais personalizada. Ao navegar está a permitir a sua utilização