quant
Fique ligado

Desporto

Trofense perde por 3 no Beira-Mar

Publicado

em

O Beira-Mar venceu este quarta-feira o Trofense por 3-0, com o médio Willyan em destaque, em encontro a contar para a 26.ª jornada da Segunda Liga portuguesa, disputado no Estádio Municipal de Aveiro.

O jogador brasileiro foi o “motor” da equipa aveirense, ao apontar dois golos e ao estar no lance da grande penalidade que originou o terceiro, contribuindo, de forma decisiva, para o segundo triunfo consecutivo do “onze” aveirense. Numa partida de sentido único, a formação “aurinegra” foi sempre dominadora e tirou partido da apatia do Trofense, que praticamente não rematou à baliza e proporcionou uma tarde tranquila ao guarda-redes Rui Rego. Aos oito minutos, o conjunto da casa adiantou-se no marcador, numa jogada de ataque rápido em que André Sousa fez o passe e Willyan só teve de empurrar para o fundo das redes da baliza de Conrado.

A formação de Aveiro continuou a dominar e chegou ao segundo golo ao minuto 28, numa jogada com os mesmos intervenientes: André Sousa no passe e Willyan a rematar, “bisando” na partida. O médio esteve sempre irrequieto e, aos 30 minutos, isolou-se frente ao guardião forasteiro, que fez falta na área e recebeu ordem de expulsão do árbitro Fábio Veríssimo. Na marcação da respetiva grande penalidade, o avançado Luiz Phellype não desperdiçou e apontou o terceiro golo da formação aveirense (33 minutos), fechando as contas do jogo. Após o intervalo, foi sempre o Beira-Mar que esteve mais perto de dilatar o triunfo, enquanto o Trofense nunca conseguiu esboçar uma reação ao futebol imposto pelos “aurinegros”. 

Jogo no Estádio Municipal de Aveiro.

Beira-Mar-Trofense, 3-0

Ao intervalo: 3-0.

Marcadores: 1-0, Willyan, 8 minutos. 2-0, Willyan, 28. 3-0, Luiz Phellype, 33 (grande penalidade).

Publicidade

Equipas

Beira-Mar: Rui Rego, André Nogueira, Jaime, Luís Gustavo, Daniel Martins, Dias, Hélder Tavares (Tiago Cintra, 46), André Sousa, Willyan (Nanu, 77), Pité e Luiz Phellype (Guilherme, 61).

Suplentes: Renato, Hugo Lopes, Tiago Cintra, Guilherme, Balacó, Ofori e Nanu.

Treinador: Jorge Neves.

Trofense: Conrado, Tiago Mesquita, Luiz Alberto, Márcio, Rateira, Tiago, Hélder Sousa, Jorge Inocêncio (Padilla, 54), João Jesus, Rafinha (Diogo Freire, 32) e Preciado (Mateus Zouain, 75).

Suplentes: Diogo Freire, Mateus Zouain, Dennis, Guevara, Marcelo, André Viana e Padilla

Treinador: Porfírio Amorim.

Publicidade

Árbitro: Fábio Veríssimo (Leiria)

Ação disciplinar: cartão vermelho direto a Conrado (30).

Assistência: cerca de 900 espetadores.

Fotos: Diário de Aveiro
Texto:C/Lusa

Continuar a ler...
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

Desporto

Taça da Liga: Trofense só com equipas da 1.ª Liga

Foram sorteados, esta sexta-feira, os grupos para a fase inicial da Taça da Liga.

Publicado

em

Por

Foram sorteados, esta sexta-feira, os grupos para a fase inicial da Taça da Liga.

Calhou ao Clube Desportivo Trofense figurar no grupo D, no qual defrontará equipas da 1.ª Liga: o 2.º classificado, Sporting de Braga, o Casa Pia (6.º classificado) e o FC Paços de Ferreira, que está em penúltimo lugar ao fim de sete jornadas.

O primeiro jogo é em Braga, seguindo-se a receção ao Paços de Ferreira e a viagem ao reduto do Casa Pia.

Os jogos acontecem no mês de novembro.

Grupo A: FC Porto, Vizela, Chaves e Mafra
Grupo B: Sporting, Marítimo, Rio Ave e Farense
Grupo C: Benfica, Moreirense, Penafiel e E. Amadora
Grupo D: SC Braga, Paços de Ferreira, Casa Pia e Trofense
Grupo E: Gil Vicente, Portimonense, Nacional e Covilhã

Continuar a ler...

Desporto

Trofense venceu na Madeira o Nacional

Publicado

em

Por

O Trofense venceu neste domingo o Nacional da Madeira por 1-0 na Choupana, em jogo da sétima jornada da II Liga. Bruno China estreou-se da melhor forma no comando do emblema da Trofa, que já não vencia na prova desde a primeira jornada.

O único golo da partida foi apontado por Okitokandjo, da marca de grande penalidade, aos 41 minutos de jogo. Até ao final, o Trofense viu-se forçado a travar desde a sua área a iniciativa madeirense que ganhava ímpeto a cada minuto que passava.

A dois minutos dos 90, Witi teve a melhor oportunidade do jogo, mas não foi capaz de concretizar o golo do empate. Os nove minutos de tempo de compensação foram de sufoco para os da Trofa, que podiam ter arrumado as contas do golo por Schurrle. O jovem médio perdeu o ‘timing’ e não foi capaz de rematar à baliza de Daniel Guimarães.

Com este resultado, o Trofense soma três pontos pela segunda vez na temporada e foge à zona de despromoção. É agora 12.º colocado com sete pontos. Já o Nacional perde o quarto jogo em quatro em casa e é 14.º com seis pontos.

Continuar a ler...

Edição Papel

Comer sem sair de casa?

Facebook

Farmácia de serviço

 

arquivo

Neste dia foi notícia...

Ver mais...

Covid-19

Pode ler também

} a || (a = document.getElementsByTagName("head")[0] || document.getElementsByTagName("body")[0]); a.parentNode.insertBefore(c, a); })(document, window);