O Trofense perdeu, esta tarde, com o Santa Clara por 1-0, na 9ª jornada da Liga Orangina.

No Estádio de São Miguel, em Ponta Delgada, a primeira situação de perigo aconteceu na baliza do Santa Clara, onde o guarda-redes Stefanovic evitou um autogolo de Ilic, mas passados cinco minutos, os açorianos responderam com um remate de cabeça de Márcio Piccolo ao lado.

Aos 29 minutos surgiu o golo do Santa Clara, através de Sandro, que ficou solto e concretizou aproveitando a aglomeração de jogadores das duas equipas junto ao primeiro poste, no seguimento de um livre marcado por Alex.

Antes do intervalo, numa jogada mesmo em cima da área de grande penalidade, ficaram duvidas sobre se a bola terá sido desviada para canto pela mão de Sandro ou se terá batido no rosto do defesa “encarnado”.

Na segunda parte, aos 62 minutos, o Trofense teve a sua grande oportunidade para igualar o marcador, mas o remate de Edú, com Stefanovic fora do lance, foi desviado e saiu pela linha final.

Num jogo com escassos lances de perigo, ficou a sensação de André Simões ter cortado com a mão um cabeceamento de Zé Manuel na área, mas Paulo Batista nada assinalou apesar de encontrar perto do lance.

Após as expulsões de Pacheco e Sandro, por acumulação de cartões amarelos, e já período de compensação, André Simões evitou um potencial lance de empate, tirando a bola a Zé Manuel quando este surgia isolado frente a Stefanovic.

.

Jogo no Estádio São Miguel, em Ponta Delgada.

Santa Clara – Trofense, 1-0.

Ao intervalo: 1-0

Marcador:

1-0, Sandro, 29 minutos.

Equipas:

– Santa Clara: Stefanovic, Sandro, Márcio Piccolo (André Simões, 65), Pacheco, Platini, Alex (Moreira, 84), Edgar, Dincic (Sylvestre, 72), Ilic, Lourenço e Paulo Grilo.

(Suplentes: Brice Niclos, Nelson, André Simões, Minhoca, Moreira, Pipo e Sylvestre).

– Trofense: Trigueira, David, João Pereira, Zé Manuel, Reguila (Gilmar, 75), Pedro Santos (Crivellaro, 75), João Viana (Moura, 84), Edú, Santos, Feliz e Tiago.

(Suplentes: António Sousa tem Ricardo, Elvis, Fortes, Moura, André Viana, Crivellaro e Gilmar).

Árbitro: Paulo Batista (Portalegre).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Sandro (17 e 80), Pacheco (25 e 79), David (43), Márcio Piccolo (47), Paulo Grilo (59), André Simões (68), Tiago (77), Feliz (84) e João Pereira (86). Cartão vermelho por acumulação de amarelos para Pacheco (79) e Sandro (80).

A equipa da Trofa ocupa o penúltimo lugar do campeonato, com oito pontos, apenas mais um que o “lanterna vermelha” Portimonense.

Reportagem alargada na próxima edição do NT, quinta-feira nas bancas.

Texto – Lusa | Foto- Jornal Açoreano Oriental

{fcomment}