quant
Fique ligado

Desporto

Trofense perde com o Leixões por 3 a 0

Publicado

em

O Trofense perdeu hoje por 3-0, em casa, frente ao Leixões, em encontro da 28.ª jornada da II Liga de futebol, em que a equipa da casa  jogou 70 minutos com menos um jogador.

Num jogo muito condicionado pela expulsão de Nieblas, aos 20 minutos, dois golos de Moreira e um de Mailo, todos na segunda parte, deram ao Leixões uma ambicionada vitória, já que não vencia há onze jogos, desde dezembro, à 20.ª jornada (1-0 em casa frente ao Covilhã).

A superioridade dos visitantes foi sempre uma constante, contando-se mais do triplo de oportunidades de golo para o Leixões.

Face à jornada anterior, do lado dos matosinhenses entraram de início Ruben Saldanha, Moreira, Anderson, Matterazzi e Pedras. Já Porfírio Amorim, chamou ao “onze” inicial Padilla, Neves e Rafinha e promoveu a estreia de Nanissio ainda na primeira parte.

A estreia do guineense – que chegou à Trofa, vindo da Naval 1.º de Maio – precipitou-se graças às suas características de médio polivalente, para colmatar a brecha deixada na defesa fruto da expulsão do central Dennis Nieblas, por falta dura sobre Rúben Saldanha, aos 20 minutos.

O Leixões mostrava muita agressividade na hora de abordar a baliza contrária, sucedendo-se as jogadas de perigo para os homens de Matosinhos – Talles (14 minutos), Huguinho (15), Pedras (26) e Zé Pedro (45-2) – e só os ferros e o guarda-redes Conrado adiavam o golo dos visitantes.

Mas, aos 58 minutos, o golo do Leixões acabou por aparecer dando justiça ao resultado, com Moreira a desviar ao primeiro poste um livre forte marcado por Oto’o. E três minutos depois, aos 61, Moreira voltou a marcar dando mais tranquilidade aos leixonenses.

Publicidade

O Trofense despertou e o caudal ofensivo mudou de rumo, mas em contra-ataque Mailo rematou forte de fora da área e fez o resultado final.

Jogo no Estádio do Clube Desportivo Trofense, na Trofa.

Trofense – Leixões, 0-3.

Ao intervalo: 0-0.

Marcadores:

0-1, Moreira, 58 minutos.

0-2, Moreira, 61.

Publicidade

0-3, Mailo, 80.

Equipas:

– Trofense: Conrado, Tiago Mesquita, Dennis Nieblas, Luiz Alberto, Matheus Zouain, Tiago, Hélder Sousa, Mateus Fonseca (Maicon Assis, 77), Rafinha (Nanissio, 23), Padilla (Guevara, 39) e Neves.

(Suplentes: Diogo Freire, Marcelo, Nanissio, Maicon Assis, André Viana, Guevara e Simãozinho).

Treinador: Porfírio Amorim.

– Leixões: Chastre, Oto’o, Zé Pedro, Materazzi, Huguinho, Anderson, Ruben Saldanha, Moreira (Rui Coentrão, 85), Moedas, Talles (Cadinha, 46) e Pedras (Mailo, 55).

(Suplentes: Jorge Batista, Cadinha, Tiago Lenho, Rui Coentrão, Fábio Zola, Mailo e Pedro Pinto).

Publicidade

Treinador: Pedro Correia.

Árbitro: Artur Soares Dias (Porto).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Zé Pedro (09), Hélder Sousa (21), Rúben Saldanha (29), Luiz Alberto (45+2) e Anderson (67). Cartão vermelho direto para Dennis Nieblas (20).

Assistência: cerca de 2.000 espetadores.

C/Lusa

Continuar a ler...
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

Desporto

Taça de Portugal – Trofense recebe o Famalicão

Publicado

em

Por

O Trofense vai receber o Famalicão no jogo da 3ª eliminatória da Taça de Portugal.

O sortei realizado da 3ª eliminatória, já contou com a participação dos clubes da Liga Bwin que, em caso de confronto com equipas de escalões inferiores, jogam fora de casa, ditando que que a equipa da Trofa jogara contra a equipa famalicense, numa elimiatoria agendada para os dias 15 e 16 de outubro, no estadio do CD Trofense.

Os jogos da 3ª eliminatória da Taça são:

Serpa – Gil Vicente
Fontinhas – Arouca
Mafra – Marítimo
Machico – Boavista
Valadares Gaia – Chaves
Caldas – Benfica
Felgueiras – SC Braga
Canelas 2010 – Vitória SC
Anadia – FC Porto
Oliveira do Hospital – Rio Ave
Trofense – Famalicão
Varzim – Sporting
Amora – Estoril
Tondela – Santa Clara
São Martinho – Casa Pia
Vitória FC – Paços de Ferreira
Penafiel – Vizela
Lank Vilaverdense – Portimonense
Vianense – Beira-Mar
Rabo de Peixe – Sertanense
Imortal – Farense
Académico de Viseu – Oriental
Tirsense – Leixões
Bragança – Pevidém
Montalegre – São João de Ver
Sanjoanense – Belenenses
Nacional – Oliveirense
Olhanense – B SAD
Pêro Pinheiro – Sporting Pombal
Dumiense – Real SC
Moreirense – Vilafranquense
Courense – Camacha

Liga Portugal 2 Sabseg: SC Farense, Moreirense FC, Leixões SC, B SAD, CD Mafra, FC Penafiel, UD Vilafranquense, CD Trofense, UD Oliveirense, Académico de Viseu FC, CD Nacional e CD Tondela.

Liga 3: Varzim SC, CDC Montalegre, AD Sanjoanense, FC Oliveira do Hospital, CF Os Belenenses, Caldas SC, Amora FC, Canelas 2010, São João de Ver, Real SC, Lank Vilaverdense, Vitória Futebol Clube, FC Felgueiras, GD Fontinhas e Anadia FC. 

Campeonato de Portugal: Pevidém SC, FC Serpa, SC Vianense, GD Bragança, Imortal Desportivo Clube, SC Olhanense, SC Beira-Mar, FC Tirsense, CA Pero Pinheiro, Valadares Gaia FC, AR São Martinho, CD Rabo de Peixe, Dumiense CPJ, AD Machico, AD Camacha e Sertanense FC.

Publicidade

Distritais: SC Courense, Clube Oriental de Lisboa e SC Pombal. 

Continuar a ler...

Desporto

Mudanças do Benfica: avalie a formação da equipa antes de apostar

Publicado

em

Por

A mudança radical no Benfica é, de facto, o mais forte em Portugal. Com isto, é necessário analisar a equipa antes de realizar apostas desportivas

A equipa do Benfica foi a que mais teve mudanças drásticas nos últimos tempos, onde se destacou no mercado de transferências de verão. Agora, com a estrutura alterada, tornam-se um dos favoritos a vencer o campeonato.

As casas de apostas desportivas em Portugal permitem os palpites no Benfica, não fossem a equipa favorita a vencer a Liga Portugal. Todavia, a ambição desta equipa, após mudanças, vai mais longe do que apenas o campeonato interno.

A transformação no Benfica

Começou pelo treinador, mas rapidamente existiram mudanças radicais na equipa do Benfica. O presidente do clube, Rui Costa, preparou da melhor forma a época desportiva de 2022-23 para dar, de novo, alegrias aos seus adeptos.

Imagem: Rui Costa | Football Italia

Com isso em mente, existiu uma mudança radical no plantel, onde existirem várias caras novas, caras essas que já dão que falar neste início de campeonato. Por isso, as apostas foram bem-sucedidas. 

As entradas e saídas no plantel do Benfica

O plantel do Benfica contou com várias mudanças, onde temos que destacar as entradas para os comandos de Roger Schmidt. Assim sendo, as entradas neste plantel foram:

  • Brooks
  • Draxler
  • Aursnes
  • Florentino
  • Enzo Fernández
  • Chiquinho
  • Gelson Fernande
  • Musa
  • David Neres
  • Bah
  • Ristic 
  • João Victor

Ainda que alguns sejam retornos de empréstimo, os mesmos são jogadores para manter, que são clara aposta do treinador, em prol de impulsionar novamente o clube. Porém, existem várias transferências no que toca a saídas, como:

  • Everton
  • Darwin
  • Svilar
  • Lazaro
  • Radonjic
  • Ferro
  • Seferovic
  • Pizzi
  • Jota
  • Yaremchuk
  • Weigl
  • Viníciu
  • Taarabt
  • Meité 
  • Vertoghen

Podemos perceber assim que, após a saída de Jorge Jesus, as mudanças radicais começaram, com uma equipa muito nova e repleta de vários jogadores preparados para os objetivos claros deste novo Benfica.

A mudança e perspetiva do novo Benfica

Uma aposta clara em jogadores de classe, com margem de progresso, mas que neles toca a titularidade. Assim sendo, com estas apostas, percebe-se que o presidente quis dar todas as aquisições possíveis para o novo treinador, Roger Schmidt, em busca da nova ofensiva encarnada, com aposta clara em jogadores ofensivos, em prol do estilo do treinador.

Imagem: Roger Schmidt | SL Benfica

Um treinador que gosta de futebol ofensivo, com clara aposta nos seus jogadores subirem todos no terreno e prenderem o jogo adversário. Esta mudança irá ter muito impacto na forma de jogar do Benfica na Liga Portugal.

Publicidade

Com isso, antevê-se um Benfica que irá causar problemas a todas as equipas, principalmente no seu jogo ofensivo, podendo tornar-se facilmente destaque no que toca a golos marcados, tornando-se apostas claras na diferença de golos.

As razões de tamanha mudança e os objetivos

Vários anos sem vencer títulos são o motivo principal da mudança drástica no Benfica. Rui Costa, atual presidente, ainda não conquistou títulos no futebol, algo que nem apostas previam tal acontecimento.

Agora, em prol de serem apostas vencedoras, o presidente deu tudo ao novo treinador, em prol de voltar a colocar o Benfica no topo de Portugal, sendo assim o objetivo principal desta mudança radical. 

Os principais objetivos nestas apostas

Não passam por menos do que vencer a Liga Portugal, mas a longo prazo acredita-se que são apostas para vencer todas as competições internas e tentar ir o mais longe possível na Liga dos Campeões.

Uma aposta clara no Benfica

O Benfica surge muito interesse nas casas de apostas, sendo a equipa mais procurada. Com isso em mente, aconselhamos aos fãs do Benfica para acederem à Wetten Portugal e escolher o local mais indicado para as apostas online.

Continuar a ler...

Edição Papel

Comer sem sair de casa?

Facebook

Farmácia de serviço

 

arquivo

Neste dia foi notícia...

Ver mais...

Covid-19

Pode ler também

} a || (a = document.getElementsByTagName("head")[0] || document.getElementsByTagName("body")[0]); a.parentNode.insertBefore(c, a); })(document, window);