O Trofense garantiu hoje a manutenção na liga Cabovisão apesar de ter perdido com o Farense por 1-0, em jogo da 41.ª jornada da II Liga portuguesa de futebol.
A equipa da Trofa beneficiou da derrota do Atlético em casa da Oliveirense por 3-2.

No último jogo da época em casa, os algarvios venceram graças a um golo solitário apontado por João Reis, aos 26 minutos, mas a turma da Trofa aproveitou a derrota do Atlético, em Oliveira de Azeméis, para celebrar a permanência na II Liga.

O Farense, a cumprir “calendário” há algumas semanas, surgiu mais tranquilo e dominou toda a primeira parte, perante um Trofense que pareceu “acusar” a necessidade de ter de pontuar para garantir a manutenção no segundo escalão.

Depois de Neca atirar à barra, numa bola ainda desviada pelo guardião Diogo Freire, aos 18 minutos, a equipa algarvia chegou à vantagem aos 26 minutos, por João Reis, com uma entrada de rompante ao segundo poste para concluir um cruzamento perfeito de Pedro Eugénio.

O conjunto de Faro manteve o assédio à baliza trofense, em busca de mais um golo, que só não surgiu devido à prestação do guardião da equipa da Trofa, com duas excelentes defesas a remates de Livramento (37 e 44).

O Trofense, que surgia em Faro com um ciclo positivo de quatro vitórias e um empate nos últimos cinco jogos, esteve “apagado” na primeira parte, mas até podia ter igualado na sua única ocasião, com Brayan Riascos, isolado, a atirar ao lado (45).

A segunda parte foi mais calma, com o Farense a baixar o ritmo, tentando segurar o resultado positivo, e o Trofense a aproveitar para se aproximar com mais perigo da baliza contrária.

Nas duas principais ocasiões do segundo tempo, ambas para os forasteiros, Matheus Zouain atirou por cima (57) e Brayan Riascos acertou na barra (68), mas o resultado não se modificou.

Na proxima jornada, a ultima do campeonato, o Trofense recebe em casa o Desportivo de Chaves, um dos ainda candidatos à subida de divisão. 

Confira a classificação no final da 41ª jornada

C/Lusa