Trofense e Arouca empataram hoje a um golo, em jogo da 12.ª jornada da Liga de Honra de futebol, disputado na Trofa e que os visitantes estiveram a vencer até aos descontos.

O golo do Arouca surgiu de grande penalidade, aos 28 minutos, por Joeano, enquanto o Trofense só empatou aos 90+4 por Santos.

Num jogo que opunha duas equipas que partilhavam o número de pontos conquistados (12) – embora o clube anfitrião conte mais um jogo – e a mesma dificuldade em conseguir resultados positivos em jornadas seguidas.

O conjunto orientado por Vítor Oliveira começou mais assertivo e a empurrar o Trofense para a sua zona defensiva, com Joeano a protagonizar as principais oportunidades de perigo, aos 15 e 21 minutos. Em ambos os casos valeu a atenção de Trigueira na baliza dos anfitriões.

O clube da Trofa esteve perto de marcar, aos 27 minutos, mas o remate de Feliz encontrou o poste pelo caminho.

No minuto seguinte, Romeu Torres foi derrubado na pequena área trofense pelo guardião da casa e o juiz madeirense Marco Ferreira não teve dúvidas em marcar uma grande penalidade que Joeano converteu, aos 29 minutos.

Com uma vantagem ténue, o Arouca decidiu encostar-se à defesa para tentar travar os ataques – intensos mas pouco organizados – da equipa de João Eusébio. Feliz (66) e André Carvalhas (78) estiveram perto de empatar mas a bola teimou em não entrar.

O golo do empate acabou por surgir quando já muitos adeptos abandonavam o estádio, num lance infeliz para o guarda-redes Bruno Conceição que, no último lance do jogo, já nos descontos, deixou a bola tocar-lhe no lado da bota e cedeu canto.

Na reposição de bola, aos 90+4, Feliz cruzou para Santos cabecear a bola para o golo do empate final.

Jogo no Estádio do CD Trofense, na Trofa.

Trofense – Arouca, 1-1.

Ao intervalo: 0-1.

Marcadores:

0-1, Joeano, 29 minutos (grande penalidade).

1-1, Santos, 90+4.

Equipas:

– Trofense: Trigueira, João Viana, Santos, Elvis, Pedro Araújo, Pedro Santos (Fábio Fortes, 80), Tiago, Edú, André Carvalhas, Feliz e Crivellardo (Reguila, 58).

(Suplentes: Marco, João Pereira, Reguila, Fábio Fortes, Fábio Moura e André Viana).

– Arouca: Bruno Conceição, Jorginho (Hugo Monteiro, 46), Miguel Ângelo, Zarabi, Juan, Romeu Torres, Filipe Melo (Jorge Leitão, 77), Diogo, Babanco (Nené, 65), Paulinho e Joeano.

(Suplentes: Pedro Soares, Hugo Cruz, Hélder Cruz, Roberto, Jorge Leitão, Hugo Monteiro e Nené).

Árbitro: Marco Ferreira (Madeira).

Acção disciplinar: Cartão amarelo para André Carvalhas (41), Joeano (43), Elvis (49), Tiago (52), Filipe Melo (76), Paulinho (77) e Pedro Araújo (89).

Assistência: 1.066 espectadores.

Lusa