O Desportivo de Chaves falhou, este sábado, o apuramento para o “playoff” de acesso à Liga, ao empatar a zero no reduto do Trofense, em encontro da 42.ª e última jornada do segundo escalão do futebol português.

Para continuar na corrida à subida, o conjunto flaviense precisava de vencer o encontro de e esperar que o Desportivo das Aves empatasse ou perdesse na receção ao Académico de Viseu, o que também não aconteceu (4-2).

O Desportivo de Chaves, obrigado a vencer, entrou no jogo determinado e, logo aos cinco minutos, Bura cabeceou à baliza, obrigando Diogo Freire a esticar-se. Com um jogo muito disputado a meio-campo, Bura, após marcação de um livre, aos 13 minutos, testou a atenção do guardião e, na recarga, Kuca procurou o mesmo. Os transmontanos acusavam nervosismo e, aos 18 minutos, João Góis, a passe de Arnold, atirou ao poste, desperdiçando a melhor oportunidade da partida para inaugurar o marcador.

A equipa da Trofa, que já havia garantido a manutenção na II Liga, tinha dificuldades em criar perigo, tendo tido aos nove minutos a única ocasião para marcar, por Preciado. Na segunda parte, foi notória a vontade dos comandados de Quim Machado em resolver cedo o jogo, com Barry, aos 57 minutos, a atirar ao poste.

Num jogo pouco emotivo, Preciado, aos 62 minutos, também ameaçou fazer o primeiro golo e Rateira, a passe de Brayan Riascos, um minuto depois, testou a atenção de Paulo Ribeiro.

O Desportivo de Chaves pressionava muito, mas não criava lances de perigo e, aos 72 minutos, mais uma tentativa frustrada, agora de Arnold.

Jogo no Estádio do Clube Desportivo Trofense, na Trofa

Trofense

 

Diogo Freire, Tiago Mesquita, Márcio, Dennis, Matheus Zouain, Nanissio, Tiago (Chico, 87), Hélder Sousa (Marcelo, 78), Preciado, Richard Caicedo (Rateira, 55) e Brayan Riascos. 
Suplentes: Conrado, Mateus Fonseca, Marcelo, Neves, Jorge Inocêncio, Rateira e Chico. 
Treinador: Porfírio Amorim.

Desportivo de Chaves

Paulo Ribeiro, João Góis, Bura, Miguel Ângelo, Nélson, Bruno Magalhães (Luís Carlos, 82), Ricardo Chaves (Siaka Bamba, 69), Kuca, Arnold, Gustavo (Bruno Moreira, 55) e Barry. 
Suplentes: Nuno Dias, João Fernandes, Siaka Bamba, Luís Carlos, Clayton, Bruno Moreira e Sagna.
Treinador: Quim Machado.

Árbitro: Hugo Miguel (Lisboa).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Nanisso (11), Arnold (41), Brayan Riascos (70), Barry (76) e Marcelo (90+2).

Assistência: 987 espetadores.

Lusa