Trofense e Sporting B empataram hoje, 1-1, numa partida renhida da 25.ª jornada da Liga2 Cabovisão, em que o resultado é lisonjeiro para a formação lisboeta, dado o maior volume de jogo dos locais.

André Viana, ainda na primeira parte, colocou em vantagem a formação da Trofa, mas, na etapa complementar, o central sportinguista Rúben Semedo, de grande penalidade, fixou a igualdade, que se prolongou até ao final.

A partida começou com um equilíbrio de forças, com os dois conjuntos a entraram com dinâmica e protagonizarem um jogo mexido e de velocidade no ataque às duas balizas

A situação de golo mais evidente da etapa inicial aconteceu já perto da meia-hora, quando Enoh cortou a bola com a mão na área do Sporting, numa falta para castigo máximo que Tiago, na cobrança, desperdiçou, rematando ao lado.

Mas, dez minutos volvidos, André Viana redimiu o falhanço do seu capitão de equipa e, numa jogada de contra-ataque, aproveitou uma assistência de Preciado para assinar a vantagem do Trofense com que se chegou ao intervalo.

Na segunda parte, a formação de Alvalade recuperou alguma dinâmica, sobretudo com as entradas de Podence e Matheus Pereira, que imprimiram mais velocidade à equipa de Lisboa.

Foi precisamente este último que, sete minutos após o reatamento, arrancou uma grande penalidade a Neves, após ser derrubado na área Trofense. O central Rúben Semedo não desperdiçou oportunidade e com um rematou sereno repôs a igualdade.

A equipa nortenha acusou o golo do empate e baixou animicamente, voltando apenas a despertar nos 15 minutos finais, após a expulsão do “leão” Fokobo.

Nesse último período, Rafinha e, sobretudo, Preciado estiveram em destaque na tentativa de recuperarem a vantagem, mas numa altura em que o Sporting, mesmo jogando com 10, não descurou a consistência.

 

Fonte: Lusa