Trofense e Benfica B entraram hoje na edição 2013/2014 da II Liga portuguesa de futebol com um empate sem golos, num encontro ainda muito morno, típico de um arranque de época.

O embate começou equilibrado, mas muito jogado na zona defensiva, sem grandes lances de perigo.

Numa primeira parte em que ambas as equipas jogaram muito fechadas nas suas defesas, a dificuldade em criar lances de perigo foi mais que evidente.

Mesmo assim, a equipa do Benfica foi crescendo ao longo do jogo, e desmontando o equilíbrio que se mantinha desde o início do encontro.

A partir da meia hora, o domínio “encarnado” já estava consolidado e o golo parecia estar na mira.

No segundo tempo, a tendência manteve-se, mas o Trofense não quis perder terreno.

Aos 60 minutos, Rateira, de fora da área, ameaçou a baliza benfiquista, com um forte remate que, embora com perigo, acabou por sair ao lado.

O Benfica teve a melhor oportunidade de golo aos 75 minutos, por intermédio de Rúben Pinto, que, após um passe de Bernardo Silva, acabou por rematar por cima, obrigando o guarda-redes Conrado a estender-se para seguir a trajetória da bola.

Depois disso, voltou a mesma monotonia defensiva da primeira parte, por vezes intercalada com lances raros de ataque levados a cabo pela equipa benfiquista, mas que estiveram longe do golo.

 

Fonte: Lusa