O Trofense, último classificado, conseguiu hoje a primeira vitória no campeonato, ao vencer por 4-1 na visita ao Sporting da Covilhã, na 15ª jornada da II Liga.

Padilla pôs os forasteiros em vantagem ao minuto 13. No segundo tempo, que os serranos jogaram em inferioridade numérica e Hélder Sousa, Rateira e Viafara avolumaram o resultado. Samuel, ao cair do pano, reduziu.

O Covilhã até entrou mais impetuoso, mas o Trofense ripostou e o equilíbrio foi a nota dominante até os forasteiros chegarem ao golo, aos 13 minutos. Padilla recebeu a bola na área, viu Taborda adiantado e, de cabeça, colocou o esférico em arco por cima do guardião serrano.

A ganharem, os nortenhos recuaram e passaram a defender com dez jogadores atrás da linha da bola, à espera da oportunidade para a endossar a Padilla. Já o Covilhã, sem espaço e com dificuldade em construir jogo, protagonizou ainda algumas desatenções defensivas, que podiam ter saído caro.

Padilla e Hélder Sousa podiam ter aumentado a contagem, mas falharam o alvo. Já nos descontos do primeiro tempo, os visitantes viram a vida facilitada, quando o atacante Forbes foi expulso, por acumulação de amarelos.

No reatamento, o Trofense marcou o segundo dos visitantes aos 51 minutos, num remate de Hélder Sousa junto ao vértice da área, no seguimento de uma falta muito contestada pelos “leões da serra”.

Sem nada a perder, Chaló arriscou. Mandou a equipa aumentar a pressão e instalar-se no meio campo adversário, mas a defesa povoada dificultava a progressão.Muito subidos, os serranos acabaram por sofrer o terceiro golo num contra-ataque. Rateira, isolado, tirou Taborda do caminho e rematou para o fundo das redes.

Ao minuto 84 Viafara empurrou Edgar e, quando os serranos esperavam que Luís Ferreira assinalasse a falta, o colombiano marcou de trivela, sob o protesto dos “leões da serra”. Já em cima do apito final, Samuel reduziu.

 

Fonte: Lusa