O treinador do CD Trofense, clube que se estreia esta época na Liga principal, admitiu que ainda espera um avançado e um médio para fechar o plantel para a temporada 2008/2009.

 toniagarrado.jpgEm conferência de imprensa, hoje em Laúndos, António Conceição falou dos reforços desejados e do “bom entrosamento” entre os jogadores antigos e as nove “caras novas”.

“A direcção conhece as minhas ambições em termos de plantel e está a fazer esforços para conseguir mais um avançado e um médio. Mas, estou muito satisfeito com o espírito de grupo que se vive nesta balneário. Quem vier é bem-vindo, mas já temos uma equipa forte”, disse o técnico do Trofense.

Questionado sobre o facto do clube da Trofa ter apostado muito na juventude. ao contratar jogadores como Tiago Pinto (20 anos, ex-Olivais e Moscavide) e David Caiado (21 anos, ex-Estoril), António Conceição salientou a importância de “uma mescla entre juventude e experiência”.

“Foi um risco calculado. É importante que a irreverência própria da idade se evidencie. Às vezes os mais novos mostram aos mais velho que é preciso trabalhar todos os dias e que não existe nenhum estatuto de titular. E acredito que os mais velhos usem a sua experiência para equilibrar a balança”, defendeu António Conceição.

Para o treinador da equipa campeã da Liga de Honra o objectivo passa por “garantir sucesso”, através de uma equipa “responsável” e com “vontade de vencer”.

Quinta-feira chegou à Trofa o, para já, último reforço. Zé Carlos (ex-Apoel de Nicósia, Chipre), conhecido por “Zé do Golo”, veio reforçar a linha de ataque e assinou por uma época. É o regresso de um avançado brasileiro que já conhece o futebol português: jogou no Marítimo, na época 2005/06 (16 jogos e sete golos no campeonato), e no Sporting de Braga, em 2006/07 (25 encontros e sete tentos).

O clube da Trofa já tinha contratado os defesas Areias (ex-Belenenses), Miguel Ângelo (ex-Portimonense) e Tiago Pinto (ex-Olivais e Moscavide), os médios Hélder Barbosa (ex-FC Porto), Mércio (ex-Desportivo das Aves), Delfim (ex-Naval) e David Caiado (ex-Estoril) e o avançado uruguaio Marcelo Lipatin.

“O meu balanço desta pré-época é muito positivo”, concluiu António Conceição, desvalorizando o facto de ter de andar com “a casa às costas”, devido às obras do Estádio do Trofense.

Também Delfim, em declarações à Agência Lusa, classificou como “feliz” o ambiente que se vive no balneário: “há muita solidariedade e entreajuda. Temos vontade de vencer e manter o Trofense por muitos e bons anos entre os grandes do futebol nacional. O pensamento é igual em todos, pensamento vitorioso”.

A equipa volta a treinar sábado (10:30), antes do encontro particular com o Moreirense, em Moreira de Cónegos, às 20:30 horas. Os primeiros jogos oficiais do CD Trofense são a 24 de Agosto, com Sporting, para a Liga, e a 17 de Agosto, contra o Nacional da Madeira, para a Taça da Liga, ambos fora.

 Lusa