quant
Fique ligado

Trofa

Record de receitas nos jogos online em Portugal

Publicado

em

Em 30 de setembro de 2020, foram 14 entidades a estarem autorizadas a exercer a sua atividade de exploração de jogos e apostas online em Portugal, mais 3 face ao período homólogo de 2019.

No seu todo, essas entidades detinham um total de 24 licenças (11 licenças para exploração de apostas desportivas à vota e 13 licenças para a exploração de jogos de fortuna o azar).

De acordo com os dados divulgados pelo Serviço de Regulação e Inspeção de Jogos do Turismo de Portugal (SRIJ), mostram que durante o 3º trimestre de 2020, os operadores de jogos online licenciados geraram receitas de € 84,2M de receita bruta, valor superior em € 30,1M (55,7%), comparativamente ao período referente ao ano anterior. Já o valor do imposto especial de jogo online (IEJO), foi no 3º trimestre de 2020, de € 28,3M, superior em cerca de € 6,8M (31,7%) ao apurado para o mesmo período de 2019.

O valor do terceiro trimestre de 2020 representa um registo histórico para o mercado regulado online de Portugal, ultrapassando facilmente os € 70,2M reportados no primeiro trimestre de 2020. O número de novos clientes registados teve um aumento 5,2% referente ao ano anterior, num total de 156.800, enquanto os clientes ativos trimestralmente aumentaram mais de um terço para 473.200.

No 3º trimestre de 2020, a receita bruta das entidades exploradoras de apostas desportivas online, alcançou o valor de € 42,5 M, registando um aumento de € 16,7 M, em relação ao mesmo período de 2019 e de € 21,7M quando comparado com o trimestre anterior.

A receita dos casinos online atingiu no 3º trimestre, os € 41,7M, um aumento de quase 48% comparativamente ao período homólogo de 2019 e um decréscimo de € 6,3M relativamente ao 2º trimestre de 2020. O mesmo se passa em relação a sites de casino online como os apresentados em Casino Billions Portugal.

As apostas em jogos de máquinas representaram mais de 70% do total de apostas em jogos de fortuna ou azar online. Bem atrás ficaram a roleta (13,8%), o Póquer 6,74%) e o Blackjack (com 6,14%).

Publicidade

No final de setembro de 2020, os jogadores com idades compreendidas entre os 25 e os 44 anos, representavam 62,1% do total de jogadores registados. Na mesma altura, os indivíduos entre os 18 e os 24 anos representavam 22,5% do total de jogadores registados.

A guerra do SRIJ contras os sites de jogo ilegais continua bem viva, tendo sido enviadas desde 29 de junho de 2015, e até 30 de junho de 2020, enviadas 665 notificações a operadores ilegais de jogo online, para encerrarem a sua atividade em Portugal. No total foram efetuadas 14 participações junto do Ministério Público para efeitos de instauração dos correspondentes processos crime.

Atualmente o SRIJ emitiu uma licença adicional para apostas desportivas online (para a Solverde) durante o terceiro trimestre, enquanto a Skill On Net Ltd recebeu uma autorização de casino online para o seu site Bacanaplay.pt no final de outubro. Existem atualmente 15 operadores com um total de 25 licenças separadas emitidas pelo SRIJ.

Continuar a ler...
Publicidade

Trofa

Fernando Duarte expõe “Efeitos Geométricos” em S. Mamede

É inaugurada amanhã, 2 de julho, às 15h00, a exposição do artista Fernando Duarte, “Efeitos Geométricos”. A mostra está patente até 31 de julho, no salão paroquial de S. Mamede do Coronado.

Publicado

em

Por

É inaugurada amanhã, 2 de julho, às 15h00, a exposição do artista Fernando Duarte, “Efeitos Geométricos”. A mostra está patente até 31 de julho, no salão paroquial de S. Mamede do Coronado.

Os trabalhos de pintura e desenho relevam o papel das formas geométricas na caracterização de espaços e seres.

Autodidata e com experiência na pintura de arte sacra, Fernando Duarte começou a trabalhar na oficina de Boaventura Matos, quando tinha 30 anos.

A exposição estará aberta ao público à sexta-feira, das 20h30 às 22h00 e ao sábado e domingo, das 09h30 às 13h00 e das 15h00 às 20h00.

Continuar a ler...

Trofa

Trofa e Santo Tirso juntam-se à Indaqua na promoção do consumo da água da torneira

O “Plano de Promoção” implica a identificação dos “munícipes não ligados à rede pública e os respetivos motivos” e, a partir daí, “prestar toda a informação necessária e incentivá-los à adesão ao sistema público de abastecimento de água, apresentando-lhes as vantagens em saúde pública, quando comparada com água de furos e poços particulares, e ambientais e económicas, quando comparada com a água engarrafada”.

Publicado

em

Por

A Indaqua e os municípios da Trofa e Santo Tirso assinaram um protocolo para o desenvolvimento de um programa conjunto de promoção à adesão ao sistema público de abastecimento de água. O objetivo é “combater a utilização para consumo humano de água de origens não controladas, como furos e poços particulares, reduzindo os riscos para a saúde pública e o impacto no meio ambiente que lhes está associado”.

“Este é mais um importante passo firmado pela Indaqua, uma das maiores operadoras no universo das concessões municipais de água, na sua estratégia de incentivo ao consumo de água de origem segura e controlada. Desta vez, as atenções centram-se nos municípios da Trofa e Santo Tirso, onde se estima que cerca de cinco mil famílias ainda não utilizam água proveniente da rede pública – a única que, comprovada e continuamente, reúne condições e características adequadas ao consumo humano”, referiu a empresa.

“Estes números são alarmantes e merecem a nossa melhor atenção. Queremos consciencializar os utilizadores para a importância de consumirem água de origem segura e controlada. O contrário representa graves riscos para a saúde pública pelo que sentimos que é da nossa responsabilidade, lado a lado com os municípios, garantir que tudo é feito ao nível local para proteger as populações”.Anabela Alves, Diretora Geral da INDAQUA Santo Tirso/Trofa

O “Plano de Promoção” implica a identificação dos “munícipes não ligados à rede pública e os respetivos motivos” e, a partir daí, “prestar toda a informação necessária e incentivá-los à adesão ao sistema público de abastecimento de água, apresentando-lhes as vantagens em saúde pública, quando comparada com água de furos e poços particulares, e ambientais e económicas, quando comparada com a água engarrafada”.

Para o presidente da Câmara Municipal da Trofa, Sérgio Humberto :

“promover a saúde pública dos habitantes do Concelho é uma prioridade, e por isso, este será um trabalho conjunto, já que a par da atuação dos Municípios e da INDAQUA, as Juntas de Freguesia vão ter um papel fundamental de proximidade, atuando junto da população, através de campanhas de sensibilização”. 

Já Alberto Costa, presidente da Câmara Municipal de Santo Tirso acredita que:

“a assinatura do Plano de Promoção vai contribuir para o reforço desta mensagem junto dos cidadãos e potenciar a confiança nos serviços de abastecimento de água.”

Na sequência deste plano, a Indaqua Santo Tirso/Trofa vai também proceder à “análise da qualidade da água utilizada em poços e furos particulares, informando os respetivos utilizadores dos resultados dessas análises e dos riscos que correm ao utilizarem essa água para consumo humano”.

Publicidade
Continuar a ler...
EuroRegião Talks

Inscrições EuroRegião Talks

Edição Papel

Comer sem sair de casa?

Facebook

Farmácia de serviço

 

arquivo

Neste dia foi notícia...

Ver mais...

Covid-19

Pode ler também