quant
Fique ligado

Trofa

Modalidades e prática desportiva em franco crescimento em Portugal

Publicado

em

O futebol continua a ser para muitos a palavra “mágica” que ao longo dos anos tem feito os portugueses sentirem muitas emoções. Quem não sabe quem foi Eusébio? O desporto sempre fez parte da cultura portuguesa, com especial enfoque para o futebol, que mais do que um desporto, se tornou numa paixão do povo. Porém, apesar do futebol ser o desporto mais popular, existem outras modalidades que merecem a sua maior atenção. A verdade é que a prática desportiva tem vindo a crescer no nosso país, ano após ano.

Se desportos como o surf, o hóquei em patins, o futsal, a natação e o padel crescem, o mercado das apostas desportivas tem acompanhado esse desenvolvimento. Existem sites específicos para realizar esse tipo de apostas. Se quer saber mais algumas informações veja na página mais algumas informações associadas. Quanto a informações específicas sobre dados e números da prática desportiva em Portugal pode encontrá-los no site da Pordata. Encontram-se disponíveis os números estatísticos relativos aos praticantes desportivos federados em Portugal.

Quanto às modalidades em maior crescimento destacam-se:

Surf

Existem relatos de que já se pratica surf em Portugal há cerca de 100 anos, no entanto, só depois do 25 de abril é que este tipo de modalidade começou a ser praticada por mais pessoas. A Federação Portuguesa de Surf foi fundada em março de 1989, ano em que decorreu o primeiro circuito nacional de surf. A partir daí, todos os anos se realizam competições. De realçar, a Medalha de Prata recebida na Nicarágua, que sagrou a equipa portuguesa vice-campeã do mundo, em 2015, revalidado também nos dois anos seguintes. Atualmente, já existem várias competições nacionais e regionais. Portugal conta já com um surfista português, Frederico Morais, na 10.ª posição do “ranking” mundial.

Hóquei em patins

Publicidade

O primeiro relato de hóquei em patins remete-nos para 1873, ano em que D. Maria Pia apresentou os primeiros patins em Mafra. A patinagem em recintos públicos terá começado no Colégio Militar e na Escola Académica de Lisboa, em 1905. Depois disso, o primeiro campeonato nacional realizou-se em 1929. Mais tarde, em 1940, estima-se que o hóquei já era praticado por grande parte das pessoas do norte do país. Com o passar dos anos, Portugal tornou-se numa das principais potencias da modalidade, sendo, inclusive, a seleção com mais títulos internacionais. Atualmente, Portugal tem no seu palmarés 16 Campeonatos do Mundo, 19 Taças das Nações, 21 Campeonatos da Europa e quatro Jogos Mundiais.

Futsal

Com início na década de 80, o futsal começou com torneios organizados no verão. Posteriormente, surgiram três associações, a nível nacional, no Porto, em Lisboa e no Minho. Em 1986, a Associação de Futebol de Salão do Porto organizou o primeiro congresso das respetivas associações, onde foi criada a Federação Portuguesa de Futebol de Salão. Depois de alguns meses, deu-se início ao primeiro Campeonato de Futebol de Salão.

A modalidade teve uma grande evolução em Portugal, sendo que é a seleção nacional detentora do título de campeã europeia e mundial.

Natação

A primeira escola de natação em Portugal foi fundada em 1902, na Trafaria, em Setúbal. Em 1924, foi apresentado o primeiro nadador olímpico nacional. O início da natação associativa remonta a 1922, momento que foi fundada a Liga Portuguesa dos Clubes de Natação. Já a Federação Nacional de Natação foi criada oito anos depois. É uma modalidade que tem apresentado um crescimento constante, tendo sido alcançado o terceiro melhor resultado olímpico de sempre, nos Jogos Olímpicos de Tóquio.

Padel

Publicidade

O padel (ou pádel ou paddle) é uma modalidade relativamente recente, que terá chegado a Portugal em 2001. Começou a desenvolver-se nos últimos anos, sendo que o Campeonato da Europa decorreu em 2008, no Clube de Ténis do Estoril, onde Portugal conseguiu atingir o terceiro lugar. A partir dessa data aconteceu uma “explosão”, com o número de campos a passar dos cerca de 50, em 2011, para 107, em 2013. A modalidade ganhou expressão e, em 2017, Portugal qualificou-se para disputar o Campeonato Mundial de Padel. De acordo com os dados de 2018, a Federação aponta para 6.500 filiados, no entanto, estima-se que haja cerca de cem mil praticantes.

Continuar a ler...
Publicidade

Desporto

Trofense sem direção aguarda por setembro para criar comissão administrativa

Publicado

em

Por

Apenas 40 sócios marcaram presença na assembleia geral extraordinária do Clube Desportivo Trofense, na noite desta sexta feira, que tinha como ponto a eleição de uma comissão administrativa, depois de Franco Couto ter apresentado a demissão, por motivos pessoais.

A assembleia foi conduzida por José Duarte Gomes, presidente da Assembleia Geral do Clube, apoiado por 2 sócios, uma vez que os secretários da assembleia não compareceram na mesma.

A comissão vai ter como primeira batalha tratar do pagamento dos 4 meses em atraso do RERE (Regime extrajudicial de recuperação de empresas), que foi aprovado em tribunal e que o clube não estará a pagar, segundo informação vinculada na assembleia.

A assembleia terminou sem que alguém demonstra-se interesse em liderar uma comissão administrativa, havendo 5 sócios disponíveis para integrar uma, mas sem a liderar.

Ficou marcada para 2 de setembro nova assembleia com o objetivo de encontrar uma comissão.

Continuar a ler...

Trofa

Junta do Coronado cancela Coronado Convida por “desentendimento” com a paroquia de S.Mamede

Publicado

em

Por

A Junta de Freguesia do Coronado cancelou a edição de 2022 do Coronado Convida.
O evento estava previsto para decorrer entre 29 de agosto e 4 de setembro foi cancelado porque a paróquia pretendia montar “uma tasquinha” no adro da Capela do Divino Espírito Santo, mesmo depois de “terem tomado conhecimento de que já não havia lugar para mais espaços de restauração”, anunciou a junta em comunicado.

No referido documento, a junta de freguesia afirma que “tentou sensibilizar os intervenientes de que isso colocaria em causa toda a dinâmica e todos os participantes do evento” e que “perante a insistência e a determinação dos elementos ligados à Paróquia a Junta de Freguesia viu-se forçada a cancelar o evento para salvaguardar o princípio de organização do mesmo e para não entrar em choque” com uma das entidades da comunidade, nem com todos os participantes do certame. (Leia o comunicado na integra clicando aqui)


Já a paroquia, também em comunicado afirma que o regulamento do evento “definia que os lugares de restauração seriam atribuídos mediante apresentação de candidatura em carta fechada, sob licitação mínima de 800 euros, a serem conferidos aos três que apresentassem a melhor proposta, até ao dia 5 do presente mês, contudo, e segundo o mesmo comunicado, “a informação que foi disponibilizada à Paróquia, oito dias antes da data prevista de entrega das cartas, foi de que os lugares já se encontravam preenchidos.”
Segundo o comunicado, publicado nas redes sociais, a paroquia afirma que “manifestou o seu descontentamento com esta falta de consideração pelas regras instituídas” e que dois elementos do conselho económico estiveram reunidos com o presidente da Junta de Freguesia, José Ferreira, saindo dessa reunião com “bom entendimento entre as partes, decorrendo num favorável espírito de abertura e cordialidade”, mostrando surpresa pelo motivos alegados para o cancelamento do evento. (Leia o comunicado da paroquia clicado aqui)


O certame tinha realização prevista, tal como nas anteriores edições, na zona envolvente à Capela do Divino Espirito Santo, em S.Mamede do Coronado.
O Coronado Convida realizou-se já por 11 edições, esteve suspenso em 2010 e 2011 devido à pandemia, e é uma mostra associativa e cultural da freguesia.

Continuar a ler...

Edição Papel

Comer sem sair de casa?

Facebook

Farmácia de serviço

 

arquivo

Neste dia foi notícia...

Ver mais...

Covid-19

Pode ler também

} a || (a = document.getElementsByTagName("head")[0] || document.getElementsByTagName("body")[0]); a.parentNode.insertBefore(c, a); })(document, window);