O Marítimo B e o Trofense empataram hoje a zero hoje, em jogo da 30.ª jornada da II Liga portuguesa de futebol, continuam na zona complicada na classificação. O empate acabou por se ajustar ao fraco jogo de futebol vivido no Funchal, sobretudo na segunda parte.

António Carlos, reforço de inverno, fez a estreia pelos ‘verde-rubros’ e quis mostrar serviço, logo aos três minutos, num livre direto, mas não conseguiu marcar.

A formação da Trofa respondeu aos 18 minutos, com Dario a fazer um chapéu a José Sá e Rafael Silveira a falhar o desvio à boca da baliza.

O jogo estava equilibrado, com os insulares, dois minutos depois, a criarem perigo, novamente num remate de António Carlos para boa intervenção de Diogo Freire.

A partida foi perdendo fulgor até que, em cima do intervalo, um cabeceamento de Dario, a bola passou por Sá e foi o capitão Cristiano a cortar em cima da linha de golo da baliza dos insulares.

No segundo tempo, o Marítimo B foi a equipa mais pressionante, mas a qualidade de jogo caiu e as oportunidades dividiram-se entre os dois conjuntos.

Marcos Barbeiro teve a melhor ocasião dos insulares, aos 67 minutos, mas o remate saiu por cima.

Do lado da formação da Trofa, Hélder Sousa chegou a marcar, no minuto seguinte, na sequência de um livre indireto, mas o lance foi invalidado por fora de jogo.

Com este resultado, o Marítimo B caiu, provisoriamente, para o antepenúltimo lugar da tabela, com 29 pontos, mantendo os quatro pontos de vantagem para o último Trofense, que não perde há quatro jogos.

 

Fonte: Lusa