O grupo de emergência criado pelo Presidente da FPF para monitorizar o impacto do Covid-19 nas nossas provas, constituído pelo próprio Presidente da FPF, Presidente da Liga Portugal, Presidente da Comissão delegada das Associações, Presidente do Sindicato de Jogadores Profissionais de Futebol, Presidente da Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol, Presidente da Associação Nacional de Treinadores de Futebol e Presidente da Associação Nacional de Médicos de Futebol, decidiu esta terça-feira de manhä o seguinte:

– Suspender todas as provas nacionais dos escalões de formação de futebol e futsal entre 14 e 28 de março;

– Determinar que todos os jogos das competições nacionais seniores de futsal decorram à porta fechada;

Determinar que os jogos das provas nacionais seniores não-profissionais de futebol não poderão ter mais de 5 mil pessoas nas bancadas, no cumprimento das recomendações da Direção-Geral de Saúde;

– Determinar que todos os jogos das competições de futebol profissional decorrerão à porta fechada.

O grupo de emergência continuará a monitorizar a situação, podendo rever – ampliando ou reduzindo – as medidas agora implementadas.