A greve dos trabalhadores dos CTT contra o pagamento do subsídio de almoço em cartão de refeição arrancou ontem à noite nas centrais de correios, prolongando-se durante o dia de hoje.

O pagamento do subsídio de refeição em cartão foi o “motor” desta greve, disse à Lusa o Sindicato Nacional dos Trabalhadores dos Correios e Telecomunicações (SNTCT), Víctor Narcisco, referindo que a isto se junta “o descontentamento dos trabalhadores” relativamente “às condições de trabalho”.

Sobre a adesão, a expectativa do sindicato é de que seja “bastante mais elevada do que na última” paralisação, salientou.

Os CTT reiteraram que não compreendem a razão da greve convocada para sexta-feira, mas preveem que os seus efeitos sejam pouco sentidos.

O NT informa os leitores que, perante esta paralisação, quaisquer atrasos na entrega da edição do jornal O Notícias da Trofa, datado de 28 de maio, se deve a esta greve dos CTT.

“Os CTT respeitam inequivocamente o direito à greve consignado na Constituição da República, mas lamentam e não compreendem a razão da greve convocada para sexta-feira, dia 29 de maio de 2020, por diversos sindicatos, que contestam a implementação de uma medida que, sendo positiva para a empresa, inclusivamente já implementada e utilizada por cerca de 4.000 colaboradores, em nada prejudica ou retira benefícios aos seus trabalhadores, tendo, aliás, o efeito contrário”, lê-se numa nota divulgada hoje pelos CTT – Correios de Portugal.

Os CTT preveem que, de um modo geral, na rede de 544 lojas, “os efeitos da greve sejam pouco sentidos” e garantem também que a paralisação não terá qualquer impacto na distribuição de vales de pensões.

Esta paralisação abrange a rede de distribuição postal (carteiros) e a rede de atendimento (Lojas CTT), porém não contempla a rede de Postos de Correio explorados por parceiros dos CTT, nem os agentes que prestam serviços de pagamento PayShop.

O Sindicato Nacional dos Trabalhadores dos Correios e Telecomunicações (SNTCT) prevê realizar outra greve, a 12 de junho.

Com Lusa (Foto: Lusa)