Desde que a internet chegou às nossas vidas, cada vez mais são as pessoas que utilizam um computador no seu dia-a-dia, seja para o trabalho, como para estudar ou para se distrair nos tempos livres. E não somente o computador, os tablets e telemóveis cada vez mais sofisticados, permitem o acesso à internet a partir de qualquer ponto, sem precisarem de uma conexão fixa. Portugal não é menos que o resto do mundo e o avanço do nosso país é claramente visível. No ano 2014 foram cerca de 64% as pessoas que utilizavam a internet em Portugal, sendo cerca de 78% em setembro deste ano os que tiveram serviço de acesso à Internet, segundo os dados da Autoridade Nacional de Comunicações (ANACOM), aumentando em quase mais 4% no mesmo período no ano de 2018. Mas os dados em conexões de serviço móvel são maiores porque neste primeiro semestre de 2019 ascendeu 170,1%.

É cada vez mais a oferta de empresas e serviços de praticamente todos os sectores, que escolhem também a internet como uma forma de publicidade e vendas para um público cada vez mais exigente. No ano 2018 cerca de 63% das empresas tinham um website para ter uma presença online ou vender através da internet, e contavam com formas de pagamento seguras como Paypal, cartão de crédito ou débito, multibanco ou transferência bancária. Muito longe estão os dados do ano 2010, quando faziam compras online aproximadamente 15% da população, sendo esse valor no ano 2017 de cerca de 34%. Ainda assim, Portugal é um dos países da União Europeia que está abaixo da média do uso do comércio eletrónico, junto com países como Itália, Grécia e Hungria entre outros.

Sectores com maior presença na internet

Se considerarmos cada um dos sectores do mercado, vemos que o sector da beleza, incluindo a moda e a cosmética é um dos líderes dentro do mercado online, junto com o sector das crianças que também tem muitos fãs que realizam compras pela internet. Todo isto é graças a todas as possibilidades de encontrar maquilhagem, roupas, sapatos e brinquedos a bons preços em praticamente qualquer parte do mundo e receber comodamente em casa em poucos dias. Agora tornou-se bem fácil comprar num supermercado online ou fazer encomendas de refeições através de uma simples aplicação. A gigante Amazon é uma das líderes nas vendas de produtos a nível mundial, junto com o Aliexpress.

Outros dos sectores que também estão a entrar fortemente dentro das listas dos que tem maior presença na internet, são os serviços de streaming, música e jogos. Segundo os dados do INE, no ano 2017 a percentagem de indivíduos que jogaram ou fizeram download de jogos, imagens, filmes ou música, foi de 45,4%, mas no ano 2018 a percentagem aumentou até 58,5%. Netflix, HBO ou Amazon Prime são grandes competidores dos serviços de streaming, oferecendo um grande catálogo de filmes e séries online e contam com pacotes interessantes de assinatura mensal. O mesmo também se aplica aos jogos para o computador ou telemóvel e à música com serviços como Youtube, Vimeo ou DailyMotion entre os mais conhecidos. Em relação aos jogos do casino e poker, que desde que foi regulado o mercado online no ano 2015 no nosso país, cresce a um ritmo acelerado por ano o número de jogadores online.

O sector bancário ou também conhecido como Internet banking (banca eletrónica), também está dentro dos que mais cresce a cada ano, com uma proporção de mais de 50% porque a partir de um telemóvel podem ser consultadas as contas em tempo real ou fazer pagamentos, agilizando assim o processo sem ter que estar num escritório do banco para o fazer.

E por ultimo, é possível a formação através da internet com cursos e com um amplo catálogo de conteúdos (idiomas, informática, finanças, marketing…) tanto gratuitos como pagos, com certificação nacional e internacional. As plataformas de e-learning e também as de mobile-learning (aprendizagem através de um smartphone) são cada vez mais simples e rápidas para os utilizadores que contam com menos tempo para se dedicarem à aprendizagem. Todos estes pontos são os que ajudam a que a formação online seja um dos sectores no mundo da internet com um crescimento constante por ano.

Fonte: https://www.pexels.com/es-es/foto/comercio-electronico-digital-dispositivo-electronico-35550/