O Trofense e o Freamunde empataram hoje 1-1, em jogo a contar para a 10.ª jornada da Liga de Honra em futebol, disputado na Trofa, com golos de Nildo e de Bock, que acabaria expulso.

A equipa de Porfírio Amorím vinha de uma derrota caseira (2-1) inesperada com o Belenenses, pelo que vencer era importante para as pretensões de candidato à subida. Já o Freamunde, tinha conquistado uma vitória (1-0) contra um adversário direto, o Desportivo das Aves.

O Trofense ameaçou primeiro. Aos 13 minutos, Igor atirou à figura de Tó Figueira e, aos 16, Nildo acabaria por inaugurar o marcador, depois de uma jogada confusa na grande área.

 A equipa de Nicolau Vaqueiro reagiu com cabeceamentos de Luís Pedro, que saiu ao lado (21 minutos), e de Luís Carlos, para defesa apertada de Marco (42).

 Mas, o conjunto trofense foi mesmo a vencer para o intervalo, quando os visitantes já mereciam o empate, que quase surgiu por Maranhão, nos descontos.

A segunda parte começou com as equipas apáticas e a demorar para ganhar ritmo. Serginho foi o primeiro a despertar, com um remate forte que o guardião visitante teve dificuldade em encaixar, aos 53 minutos.

Do outro lado, foi Tarcisio quem mostrou trabalho minutos depois de entrar (60 minutos), mas Marco sacudiu para canto, já em esforço.

O golo do empate surgiu com naturalidade, aos 69 minutos, por intermédio de Bock, após assistência de Maciel.

O Freamundo acabou reduzido a 10 jogadores com a expulsão de Bock, aos 77 minutos. O juiz da partida considerou que houve entrada dura sobre Igor, que, no minuto seguinte, pediu substituição e saiu a coxear.

A partida acabou com os locais a pressionar. Chico cabeceou por cima da barra, mesmo em cima do minuto 90, naquela que seria a oportunidade mais flagrante para o Trofense vencer e reaproximar-se dos lugares cimeiros.

 

Texto: LUSA