quant
Fique ligado

Trofa

Deputada quer explicações sobre aterro de Covelas

Publicado

em

A deputada Mariana Silva, de “Os Verdes”, pediu esclarecimentos ao Governo sobre a eventual reativação e ampliação de um aterro sanitário nos limites dos concelhos da Trofa e Santo Tirso, informou hoje aquele partido.

Em causa está a reativação, perspetivada para 2021, de um aterro encerrado em 2016 na freguesia de Santa Cristina do Couto, concelho de Santo Tirso (de que resta apenas uma estação de recuperação de energia e um ecocentro) e seu alargamento à localidade contígua de Covelas, já no município da Trofa.

Em requerimento entregue na Assembleia da República e dirigido ao Ministério do Ambiente e da Ação Climática, a deputada pergunta se o Governo “tem conhecimento de pedidos de licenciamento, em fase de análise ou de licenças já concedidas, para a instalação, expansão ou reabertura de aterros em Santo Tirso ou na Trofa”.

“Em caso afirmativo”, a deputada pergunta “em que fase do licenciamento se encontram, qual o tipo de resíduos a serem depositados nestes aterros e se está prevista a receção de resíduos perigosos e/ou não perigosos”.

Ainda no mesmo pressuposto, Mariana Silva questiona “qual a proveniência dos resíduos destinados aos aterros” e se “está prevista a receção de resíduos importados tendo como destino aterros em Santo Tirso ou na Trofa”.

O presidente da Junta de Covelas, uma freguesia com 1.600 habitantes, já disse à agência Lusa que foi abordado por “pessoas assustadas” com a situação. Mas Feliciano Castro contrapôs que o que se prevê para a zona “é o depósito de resíduos já tratados”.

Também a Câmara de Santo Tirso fez saber, em comunicado, que está “frontalmente contra” a reativação e prolongamento do aterro.

Publicidade

Já o presidente da Câmara da Trofa, Sérgio Humberto, confirmou na terça-feira à agência Lusa que Covelas vai receber a extensão do aterro sanitário a reativar em Santa Cristina do Couto, revelando que o seu município vai receber uma contrapartida de dois milhões de euros e desvalorizando os riscos temidos pela população.

“As indicações técnicas que tenho é que um aterro sanitário cumpre todos os requisitos e que não provoca qualquer tipo de constrangimento”, disse ainda o presidente da Câmara da Trofa, reiterando que “o impacto para o município e para a população é zero, não há cheiro, nem contaminação das linhas de água”.

O aterro (tecnicamente designado “unidade de confinamento”) será explorado pela Resinorte e, segundo o autarca da Trofa, “cumpre uma legislação muito exigente” e “já foi aprovado pela Agência Portuguesa do Ambiente, pela Entidade Reguladora dos Serviços de Água e Resíduos, e pelo Ministério do Ambiente”, ficando a faltar “a aprovação da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte”.

Sérgio Humberto disse esperar que o “arranque da operação aconteça em meados de 2021”, mas admitiu atrasos.

Continuar a ler...
Publicidade
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

Trofa

Homem em prisão preventiva após agressões à mãe

A GNR da Trofa deteve um homem de 48 anos por violência doméstica, no concelho da Trofa, a 22 de junho.

Publicado

em

Por

A GNR da Trofa deteve um homem de 48 anos por violência doméstica, no concelho da Trofa, a 22 de junho.

Em comunicado, a GNR dá conta de que “no âmbito de uma denúncia de violência doméstica, a informar que a vítima, uma mulher de 75 anos, estava a ser alvo de violência, os militares da Guarda deslocaram-se ao local, onde o suspeito assumiu ter ameaçado de morte e agredido a sua mãe”.

Presente a primeiro interrogatório, no dia 23 de junho, no Tribunal Judicial do  Porto, o suspeito viu ser-lhe aplicada a medida de coação de prisão preventiva.

A Guarda alerta para o facto de a violência doméstica ser “crime público” e que “denunciar é uma responsabilidade coletiva”. “Se precisar de ajuda ou tiver conhecimento de alguma situação de violência doméstica participe: no Portal Queixa Eletrónica, em queixaselectronicas.mai.gov.pt; via telefónica, através do número de telefone 112; no Posto da GNR mais próximo à sua área de residência, na aplicação App MAI112 disponível e destinada exclusivamente aos cidadãos surdos, em http://www.112.pt/Paginas/Home.aspx ou na aplicação SMS Segurança, direcionada a pessoas surdas em www.gnr.pt/MVC_GNR/Home/SmsSeguranca“.

Continuar a ler...

Trofa

Ciclismo: Fábio Costa no pódio do Campeonato Nacional Estrada

O ciclista trofense Fábio Costa classificou-se em 3.º lugar no Campeonato Nacional de Estrada, que se realizou no Mogadouro, este domingo.

Publicado

em

Por

O ciclista trofense Fábio Costa classificou-se em 3.º lugar no Campeonato Nacional de Estrada, que se realizou no Mogadouro, este domingo.

O corredor de Covelas, que representa a equipa Glassdrive / Q8 / Anicolor, chegou ao mesmo tempo do 2.º classificado, Tiago Antunes (Efapel Cycling), com 04H09M34, a 54 segundos do vencedor, João Almeida (UAE Team Emirates).

Continuar a ler...
EuroRegião Talks

Inscrições EuroRegião Talks

Edição Papel

Comer sem sair de casa?

Facebook

Farmácia de serviço

 

arquivo

Neste dia foi notícia...

Ver mais...

Covid-19

Pode ler também