O número de infetados com o novo coronavírus no lar Alfredo Carriço, da Santa Casa da Misericórdia , subiu para 44, depois de mais uma colaboradora apresentar um teste positivo, disse hoje a diretora técnica da Santa Casa da Misericórdia da Trofa.

De acordo com Zélia Reis, o lar regista atualmente “19 colaboradores e 25 utentes infetados”, sendo que a “maioria dos casos são assintomáticos, apresentando os demais sintomas ligeiros”.

O lar da misericórdia debate-se desde meados de outubro com um surto, que provocou a morte a um idoso de 95 anos e o internamento de duas idosas na unidade de Vila Nova de Famalicão do Centro Hospitalar do Médio Ave.

O mais recente caso de infeção pelo novo coronavírus, acrescentou a responsável da Misericórdia, foi detetado em testes “mandados fazer na semana passada pela Segurança Social aos colaboradores da instituição”.

A funcionária que testou positivo estava em casa.

Os idosos infetados estão numa ala da Misericórdia, isolados, estando a ser assistido por colaboradores que também testaram positiva e estão assintomáticos, lembrou Zélia Reis.

Na creche da instituição, onde também houve uma criança infetada, a “sala dos 4 anos voltou hoje a funcionar, com todos os meninos presentes”, uma vez cumpridos os 14 dias de isolamento, revelou a diretora técnica.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 1,2 milhões de mortos e mais de 46,9 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 2.635 pessoas dos 149.443 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

C/Agência Lusa