O Chaves e o Trofense empataram esta sexta-feira (0-0) na 10.ª jornada da 2.ª Liga, num encontro dominado pelos transmontanos, mas em que as duas equipas se revelaram ineficazes.

Com o empate, a formação de Trás-os-Montes tem agora 13 pontos e sobe ao oitavo lugar, com os mesmos pontos do Académico de Viseu. Já o Trofense soma 11 pontos e ocupa o 12.º lugar.Pub

Na partida inaugural da 10.ª jornada, disputada em Chaves, a formação da Trofa entrou recatada no encontro, com uma linha de cinco defesas, que condicionou a manobra ofensiva dos flavienses.

João Mendes e João Teixeira procuraram pegar no encontro, apostando no jogo interior, mas os remates de meia distância tardaram a resultar em perigo.

Do outro lado, o Trofense foi-se soltando e começou a pressionar mais alto e, aos 31 minutos, roubou mesmo uma bola em zona proibida, mas Bruno Almeida, em plena área, rematou ao lado.

Os transmontanos até entraram fortes na segunda metade e, com o passar dos minutos, Vítor Campelos foi refrescando a equipa, que arriscou mais na procura do golo, mas no último terço manteve-se a falta de eficácia.

O jogo mais aberto permitiu aos visitantes, também com o onze já refrescado com substituições, uma soberana ocasião para marcar, em nova perda de bola, aos 79 minutos, mas Bruno Moreira, servido por Andrezinho, permitiu a Paulo Vítor uma boa intervenção.

A última situação de golo pertenceu ao conjunto da casa, que, através de uma jogada estudada, podia ter faturado por Luís Rocha, mas Rogério voltou a negar o golo com uma boa defesa.

Ficha de jogo

Jogo no Estádio Municipal Eng.º Manuel Branco Teixeira, em Chaves.

Resultado: Chaves-Trofense, 0-0.

Equipas:

– Chaves: Paulo Vítor, João Correia, Alexsandro, Luís Rocha, Paulinho (Bruno Langa, 69′), Nuno Coelho, João Teixeira, João Mendes (Guima, 69′), Adriano Castanheira (Wellington, 60′), Batxi e Patrick (Platiny, 60′).

(Suplentes: Samu, Campos, Bruno Langa, Kevin Pina, Pedro Ribeiro, Wellington, Guima, Queirós e Platiny).

Treinador: Vítor Campelos.

– Trofense: Rogério, Daniel Liberal (Keffel, 81′), João Paulo, Caio Marcelo, Simão Martins, Tiago André, Matheus, Vasco Rocha (Rodrigo Ferreira, 81), Achouri (Andrezinho, 73′), Bruno Almeida (Gustavo Furtado, 73′) e Luiz Pachu (Bruno Moreira, 67′).

(Suplentes: Rodrigo, Rafa Alves, Andrezinho, Bruno Moreira, Abel, Gustavo Furtado, Keffel e Rodrigo Ferreira).

Treinador: Rui Duarte.