Um surto de covid-19 no lar Imaculada Conceição, na Trofa, provocou a morte a uma idosa havendo ainda mais 12 casos positivos, entre utentes e funcionários, disse hoje à Lusa a diretora técnica da Misericórdia local, Zélia Reis.

A morte, acrescentou a fonte, ocorreu na quarta-feira, logo após a utente ter sido hospitalizada com “doença respiratória e testado positivo”, sendo a partir daí que a instituição avançou com a testagem de todos naquele lar.

“No lar, com 53 utentes, sete tiveram [teste com] resultado positivo, bem como cinco funcionários”, acrescentou a responsável.

O lar Imaculada Conceição é contíguo ao lar Alfredo Carriço, no qual testaram negativo 35 utentes, entre eles uma mulher de 104 anos, na passada quarta-feira. Com teste positivo apresentavam-se nove utentes. Entre os funcionários deste lar, seis continuam infetados e 13 já recuperaram.

Neste lar, acrescentou Zélia Reis, a instituição vai repetir hoje testes de despistagem do novo coronavírus.

Os utentes do lar Imaculada Conceição que testaram positivo foram transferidos para o primeiro edifício da Misericórdia da Trofa, contiguo as atuais instalações, mantendo lá o isolamento profilático, estando todos assintomáticos.

C/Lusa