12
Tue, Dec
15 New Articles

Edição 626

São quatro, são jovens, são da Trofa e preparam-se para uma missão de voluntariado de um mês no Uganda.
No mês de agosto, quatro jovens trofenses, integrados no grupo de voluntariado dos Missionários da Consolata de Águas Santas, vão partir em missão num grupo de 14 elementos da zona Norte de Portugal para abraçar o projeto de reabilitação do orfanato “Daughters of Charity home”, em Kampala, capital do Uganda. Mais de 50 crianças deficientes da cidade de Kampala são acolhidas neste orfanato, que pertence à Congregação das Irmãs “Filhas da Caridade”. Algumas destas crianças são órfãs e outras foram abandonadas pelos próprios pais. As irmãs trabalham para a formação e instrução ao nível básico, preparando-as para a inclusão na comunidade, logo que atinjam a idade adulta. Contudo, muitos destes jovens adultos continuam a viver no orfanato visto que, na maioria dos casos, os próprios e as suas famílias não possuem capacidades para assumir uma qualidade de vida digna. Deste modo, o orfanato acolhe cerca de 66 pessoas portadoras de deficiência, numa sociedade que as discrimina e as considera um “estorvo” ou uma aberração. De facto, esta foi a realidade que mais chocou os jovens trofenses e que mais os motivou para a preparação deste projeto.
Este orfanato apresenta carências ao nível das infraestruturas e das condições de higiene e saúde. A Congregação considera que a reconstrução das instalações, nomeadamente dos dormitórios e das salas de recreação, é a necessidade mais urgente. Assim, este foi o desafio que os Missionários da Consolata lançaram aos jovens que, de imediato, foi aceite com um grande “sim”.
A missão começou já em novembro passado com os encontros de formação e com as atividades de angariação de fundos para que consigam alcançar os objetivos propostos. Esta angariação de fundos tem como objetivo a compra de materiais de construção, no Uganda, uma vez que é dispendioso e alfandegariamente complicado o transporte a partir de Portugal. Os voluntários pagam as próprias viagens e as vacinas, mas precisam da ajuda de todos para concretizar esta Missão.
A Congregação católica das Irmãs “Filhas da Caridade”, à qual pertence o orfanato, foi fundada em 1971 pela Irmã Rose Muyinza com o propósito de dar resposta às necessidades básicas do elevado número de crianças rejeitadas e abandonadas pelos próprios pais, por serem portadoras de deficiência. Esta Congregação acolhe, cuida e capacita estas crianças tendo em vista a reintegração na comunidade a que pertencem. Esta Congregação funciona, também, como agente modificador da sociedade que discrimina, sendo exemplo, para todos aqueles, incluindo as suas famílias, que duvidam do seu potencial humano, descorando os seus valores e os seus direitos fundamentais. Assim, os programas de formação familiar que a Congregação promove já sensibilizaram algumas comunidades a aceitar e a cuidar da criança portadora de deficiência, contribuindo para a diminuição do número de crianças rejeitadas e abandonadas.
O Uganda, situado no leste de África, tem 34 milhões de habitantes e destes 83,9 por cento são cristãos. As línguas oficiais são o inglês e o suaíli. Os voluntários, cada vez mais ansiosos, partem dia 1 de agosto e agradecem a colaboração de toda a comunidade trofense. Podem continuar a apoiar e a acompanhar esta aventura missionária através da página de facebook: Children of U – Voluntariado Missionário Uganda.

1ª Pagina

Videos TrofaTV em destaque

 

Siga-nos no facebook

» Farmácia de serviço na Trofa